O revestimento de Poliuretano não tem na sua composição química moléculas de água pelo que o torna um polímero apolar. Esta é a única forma eficaz de proteger as cortinas laterais. A fórmula da SOLIDSKIN prolonga não só a durabilidade das laterais, como repele a sujidade, oferece robustez e é resistente a choques mecânicos. O acabamento de alto brilho garante uma imagem bem definida por um maior período de tempo.

A fórmula das cortinas SOLIDSKIN foi objeto de teste pelo Instituto TÜV-TNO Quality Services sob condições ambientais extremas e a sua performance testada face a outros produtos equiparáveis à base de água. Os resultados mostraram que a tecnologia utilizada pela SOLID SKIN supera qualquer um desses produtos e confere a melhor proteção possível às cortinas laterais.

Efeito dos raise uv e tinto de latex quango combinados com revestimentos à base de água

Constata-se que as cortinas laterais com revestimentos à base de água são menos resistentes aos choques mecânicos a que diariamente estão sujeitas. A cobertura protetora é fortemente atacada pelos raios UV e, ao fim de um ano, são já evidentes sinais de forte desgaste, tornando-se amarela quando o verniz seca. Assim, o revestimento torna-se quebradiço e perde as suas propriedades. Consequentemente o revestimento pode descolar levando a uma exposição direta da tinta à sujidade e a agentes erosivos. O resultado final é uma imagem descolorida e pouco nítida.

O efeito repelente lotus – sujidade e a resistência a subsubstâncias corrosiva

Os revestimentos à base de água podem ficar comprometidos quando entram em contacto com químicos ou outras sujidades. A constituição do verniz é afetada o que promove o alargamento do material. Dá-se então um descolamento entre o revestimento de proteção e a tinta deteriorando a área onde foi efetuada a impressão.

Pelo contrário, o revestimento SOLIDSKIN PU não reage a nenhuma destas substâncias. A propriedade apolar atribui às cortinas laterais SolidSkin a característica de repelente de sujidade. O chamado efeito de Lotus mantém a sujidade e os químicos à superfície o que permite uma fácil remoção dos mesmos pela água da chuva ou lavagem.

O revestimento SolidSkin sem base de água é completamente transparente e não amarelece quando submetido aos raios UV. A componente PU impregna-se na tinta não formando apenas uma camada de cobertura, o que confere um efeito adesivo muito superior.

Teste do solvente: nitrocelulose

Existem vários tipos de vernizes no mercado. Para descobrir o mais adequado deve ter em conta as influências ambientais negativas que umas cortinas têm que suportar. Para testar o material deve-se colocar o solvente de nitrocelulose sobre o verniz e deixar atuar durante 45 segundos. Se o revestimento e a tinta descolarem, o produto não revela possuir a proteção suficiente. O brilho do verniz é também afetado e desvanece.